A pandemia de covid-19 obrigou empresas a se readaptarem ao dia a dia dos negócios de forma ágil e tomar medidas de precaução para que não fossem tão prejudicadas em meio à crise econômica que surgiu.

Diversos setores precisaram se readequar a nova rotina para que não houvessem tantos prejuízos e conseguir levar os negócios adiante mesmo perante às incertezas do mercado. E com o setor de RH isso não foi diferente.

A área de Recursos Humanos precisa enfrentar vários desafios durante a pandemia. Sendo ele um dos principais setores internos das empresas, responsável pelo gerenciamento de pessoas, ele é um dos pilares que ajudam a sustentar a empresa e seus negócios.

Entre algumas das adaptabilidades que o setor precisou enfrentar (e ainda enfrenta) durante a pandemia, é o trabalho home office. O isolamento social fez empresas mandassem seus funcionários trabalharem e manterem as reuniões do serviço em casa.

Portanto, precisou haver uma nova forma de monitoramento dos serviços prestados pelos funcionários e sua jornada de trabalho. A maneira emergencial como isso precisou ser adaptado, fez gestores precisarem encontrar novos meios para definir a metodologia de trabalho e superar as barreiras impostas pelo distanciamento social.

Outro ponto importante que necessitou ser adaptado em razão da distância dos funcionários foi trabalhar a proximidade a fim de criar um ambiente organizacional adequado, mantendo o engajamento e a motivação dos colaboradores.

Uma dificuldade muito recorrente durante o tempo da pandemia no setor de RH foi a preocupação com a saúde mental dos funcionários. Em tempos de inconstância no mercado de trabalho, preocupando-se em manter o emprego e garantir seu salário, eles também precisavam se preocupar com a doença.

Muitas empresas tomaram medidas para que pudessem garantir a saúde mental e financeira de seus funcionários, buscando deixá-los a par das ações tomadas pela empresa para contornar a crise e buscar por profissionais da área de psicologia para ajudar aqueles que precisavam de mais apoio.

Como superar os desafios impostos pela pandemia?

A área de Recursos Humanos, como já dito anteriormente, é fundamental para o bom funcionamento da empresa. Ela é um dos setores que mais apoiam as empresas durante a pandemia.

Por isso, é importante que as empresas façam uma gestão de crise para que elas se organizem e consigam reagir de forma correta perante as mais diversas situações da melhor forma possível.

Dentro disso tudo, o RH tem os seus meios de poder ajudar com as situações de forma a fortalecer a empresa em meio a essa crise.

• A área de Recursos Humanos pode desenvolver estratégias para ajudar a passar a confiança para os funcionários e tranquilizando eles quanto aos métodos de trabalho e ações da empresa

• Durante a crise vivida no mercado de trabalho, decisões não muito agradáveis podem cair sobre os funcionários. É necessário saber dialogar, explicar e dar o suporte necessário a eles ao tomar essa decisão

• A gestão digital feita pelo RH para o recrutamento de novos funcionários pode ajudá-los a passar por essa fase de um jeito menos estressante ao poder se manter em casa, sem prejudicar sua imagem perante à empresa. Além disso, demais serviços de RH, como folha de pagamento e controle de ponto, também podem ser adotados de forma digital.

• Disponibilizar benefícios flexíveis ajudam na gestão dos recursos e aumentam a satisfação e retenção dos colaboradores neste momento.